Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Assunto Tabu

por Miss. M, em 04.03.09

Estava eu numa daquelas tardes de amena cavaqueira no café e eis que o assunto assenta no tema “Entrevistas de emprego”, mais concretamente nas coisas que nos perguntam numa entravista, como por exemplo, se somos casados e se temos filhos.

(…...)

Eu – Sim, perguntaram-me se eu era casada e se tinha filhos.

Pessoa 1 – Sim, a mim também me fizeram essa pergunta.

Eu – Pois é, parece que o entrevistador faz sempre aquela “cara de felicidade” quando respondemos que não somos casadas nem temos filhos, como uma espécie de “Há! Que bom, assim não irá reclamar muito se lhe pedirmos horas extras...”

Risos

Passados algumas outra dissertações sobre o assunto:

Pessoa 2 – Vocês deviam ter mais cuidado, não repararam que as pessoas que estavam aí atrás estavam a olhar para vocês??

Eu – Mas porquê? Eu não estava a dizer asneiras nem nada, o que foi?

Pessoa 2 – É que podes não ter reparado, mas eram um casal jovem com uma filha pequena e vocês falavam do mau que era ter os encargos “marido/filhos”.....

 

De repente senti-me como se estivesse num episódio do “Conta-me como Foi”, parece que ainda existem alguns assuntos que ferem a susceptibilidade de algumas pessoas. Eu não estava a “dizer mal” dos casamentos e dos filhos, nem condeno quem toma essa opção, apenas estava a falar do quanto isso hás vezes pode impedir as pessoas mais jovens a conseguir um determindado emprego. Cabrices à parte, eu acho as crianças um amor e até podero ter uma daqui a alguns anos quando tiver maturidade para tal, mas agora o pack Casamento/Filhos não faz parte do meu plano de vida. Eu não olho de lado para as pessoas nos cafés quando estas falam alegremente de bodas, partos e infantários datalhadamente, logo, agradeço que façam o mesmo quando eu falo de emprego e carreira, pode ser?!


 

Como este assunto descobri outros que podem ter duplo sentido quando se fala abertamente sobre eles. Assim, ficam algumas afirmações que são muitas vezes vistas com uma dupla intençao, mas que eu faço questão de esclarecer.


 

- “Ontem fui sair com o meu amigo Y, divertimo-nos muito”

Interpretação: Ontem foste sair com um gajo que muito provavelmente estás interessada e acabaste na cama com ele, isso da “amizade” entre rapaz e rapariga são tretas.

Esclarecimento: Uma rapariga e um rapaz podem sair e tomar uns copos e serem só amigos, percebido?! Pode haver, uma vez por outra, algum interesse de alguma, ou ambas as partes em algo mais do que a amizade, mas isso não pode ser generalizado. Pode parecer difícil certas mentes aceitarem, mas a amizade ente rapaz e rapariga pode ser mesmo só....amizade.


 

- “O namorado da X é mesmo giro!”

Interpretação: Cabra, já queres roubar o namorado da X!

Esclarecimento: Podemos achar rapazes atraentes sem que os desejemos realmente. Temos olhos na cara e lá porque o rapaz é comprometido não quer dizer que se transforme num ser desinteressante.


 

- “Ontem o meu amigo Y bebeu demais e dormiu lá em casa.”

Interpretação: Fizeste sexo com o teu amigo Y, homens e mulheres não dormem juntos sem haver mais qualquer coisa.

Esclarecimento: As pessoas podem DORMIR juntas e não haver sexo, nem intenção de tal. Podemos dormir com outra pessoa do sexo oposto só mesmo por dormir. Ok, sei que este é um assunto sensível e, muitas das vezes, de grande dificuldade de entendimento, mas realmente as pessoas podem dormir juntas sem haver segundas intenções; tal como quatro pessoas de ambos os sexos podem dormir numa tenda apertada sem haver uma orgia.

 

- “Comprei um top novo, estupidamente caro, porque me apeteceu, pronto!”

Interpretação: Fútil!!!!

Esclarecimento: Pois sou, por vezes gosto de comprar coisas só porque sim. Mas só as compro quando posso e tenho dinheiro para isso. Não peço dinheiro emprestado para as minhas futilidades nem fico apertada com dinheiro só para poder comprar certas coisas. Mas quando posso, compro e pronto, ninguém tem nada a ver com isso.


 

- “Tenho que deixar de gastar tanto dinheiro em alcool, estas saídas dão cabo do meu orçamento...”

Interpretação: Para além de fútil é uma vadia bêbada!

Esclarecimento: Sim, por vezes existem aquelas saídas que dão cabo do orçamento. Não quer dizer que que sejam todas as noites, mas acontecem. Quem nunca fez uma noitada que culminou num dia de uma ressaca valente e um desfalque no orçamento? Não sejam tão quadrados.


 

Estes são apenas alguns dos temas “melindrosos” dos quais por vezes falamos mas que podem ser mal interpretados, pois, infelizmente, ainda há muitos outros. Espero ter esclarecido algumas cabeças mais confusas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:50


9 comentários

De Zizu a 04.03.2009 às 21:42

olá...concordo plenamente com o que escreveste. ma é assim a mentalidade que ainda temos em portugal...
jinhos

De Mickey a 04.03.2009 às 22:53

"Não vou muito à bola com a Moiquinha"

Interpretação: fdx eu tambem não, mas não tenho coragem de dizer. Ao menos há alguem que lhe diz das boas a ver se ela deixa de ser mete nojo.

Esclarecimento: eu curto totil da Moiquinha, apenas nunca fui com ela ver um jogo de futebol, apesar de já ter ido com ela a Amsterdão.

De Miss. M a 04.03.2009 às 23:00

Only you!! :)
- "O Mikey realmente é um grande cromo!"
Interpretação: Um gajo deveres insuportável!
Esclarecimento: Um cromo que eu gosto muito, que abala comigo para os sítios mais fixes, como um Festival do Sudoeste, Londres, Amsterdão e Montijo :)
Beijocas

De MEX a 17.03.2009 às 14:18

eh lá, sitios mais fixes: montijo! sim senhor, sinto-me lisonjeada.
Mas quando é que estes 3 cromos (mickey, Mónica e Joana) que eu gosto tanto abalam para um sitio ainda mais fixe chamado Barcelona???
Ah e a interpretação e esclarecimento são os mesmo: Venham-me visitar, cacete!

De thestarsareshining a 04.03.2009 às 23:15

O mickey e a monica são dois palermas!
Intrepertação: o mickey e a monica são de facto dois palermas
Esclarecimento: o mickey e a monica são dois palermas que eu conheço ha 7 anos e prontos até cusrto paletes :p

De Herman a 05.03.2009 às 02:24

ok. one comment, curti.
acho que pensas correctamente, e assim e que deve ser, porque complicar!

De Herman a 05.03.2009 às 02:29

ahh! E bastante esclarecedor :)

De Miss. M a 10.03.2009 às 00:35

Ainda bem :)

De maria a 07.03.2009 às 12:51

Parece que hoje em dia já não podemos expressar verdadeiramente aquilo que pensamos...

beijinhoo.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031




Visitas por cá:

contador de visitas para sites