Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Vizinhança

por Miss. M, em 25.03.09

Todos nós nos queixamos deles, toda a gente reclama, mas acabam muitas vezes por ser aquelas pessoas que estão mesmo próximas de nós, que podemos contar caso aconteça alguma coisa, aquela pessoa que trata do nosso gato quando estamos fora.

Na maioria das vezes não escolhemos a nossa vizinhança, sujeitamo-nos "ao que nos calha na rifa", pessoas desconhecidas que rapidamente fazem parte do nosso dia-a-dia.

Lembro-me de quando morei num meio mais pequeno, os nossos vizinhos eram aqueles com que podiamos contar.Estávamos muitas vezes em casa uns dos outros; eram aquelas pessoas com quem falava todos os dias; sabiamos as suas vidas e eles as nossas (pelo menos o essencial...) e preocupavamo-nos mutuamente.

Depois mudei para um lugar diferente, não muito grande, mas o suficiente para o conceito de vizinhança mudar radicalmente. Os meus vizinhos agora mudam constantemente; tenho "vizinhos de Verão" que só vejo nas férias e outros que moram mesmo ao meu lado mas que as únicas frases que trocamos é um cordial "Bom dia!"

Desta vez o desafio lançado consiste em enumerar 3 defeitos e 3 qualidades dos nosso vizinhos.

 

A minha "vitíma" é a minha vizinha do lado. Ela vive mesmo na casa ao lado da minha e eu mal a vejo, a ela e ao resto da família. São umas pessoas discretas, até se pode dizer que "fazem boa vizinhança". Mas, claro, têm também os seus defeitos, por isso:

 

1 - São um bocado estranhos, estão tão metidos na vidinha deles que não sei se o meu "Bom dia" é retribuído. Por vezes é retríbuído com algumas palavras amigáveis e alguma troca de informação cordial, outras, nem dizem nada...

 

2 - São pessoas demasiado "In" para colocarem um estendal no quintal. Em dias de Sol dou com roupa estendida directamente nas redes que separam os quintais. Lindo!

 

3 - Descobri que a minha vizinha frequenta alguns dos mesmos sítios que eu quando saio à noite...(como se a minha terra fosse muito grande). Mas mesmo assim é preciso ter algum cuidado, não vá esbarrar com ela demasiadas vezes em certas ocasiões....

 

Agora, como nem tudo é mau, as qualidades das pessoas que moram mesmo ao lado:

 

1 - Como são pessoas discretas, nem eles se metem na minha vida, nem nós nos metemos na deles. Gosto bastante desta parte, principalmente porque não há questões do género "Então vizinha?! Ontem chegou a casa bem tarde...Olhe que eu tenho o sono leve e "por acaso" reparei. Já agora, da próxima vez não faça tanto barulho a abrir a porta."  

 

2 - Apesar de serem uma família com 4 crianças e adolescentes à mistura não são barulhentos! Isso é um ponto bastante favorável.

 

3 - Têm uma empregada que é super simpática. Até conversamos muitas vezes com ela e também a chamamos de "vizinha". Para além disso, da mesma maneira que pendura a roupa na rede do quintal, por vezes também apanha a nossa (do nosso estendal) quando começa a chuviscar e não estamos em casa. 

 

E pronto, até tenho uma vizinhança normal, sem grandes stresses. Acho que nunca tive assim um vizinho que me desse grandes chatices.

Lembro-me que uma vez tive uns (durante pouco tempo...) que resolveram mandar um balde de água da janela quando eu estava a falar com outro vizinho na rua. Eram realmente muito poucos sociáveis.

Depois tive umas chatas, quando estava na universidade, que resolviam chamar a polícia cada vez que se fazia um jantar lá em casa. Mas rapidamente resolvemos a questão, informando as donzelas de cada vez que houvesse "reunião" e desse azo a um pouco mais de barulho. Remédio santo, nunca mais tiveram a lata de nos enviar os srs. agentes a meio da noite.

 

Os vizinhos são mesmo assim, uns mais chatos, outros menos, uns prestáveis, outro mais distantes. Pessoas diferentes que havemos, acima de tudo, respeitar.

 

 

 

Será que a galinha da vizinha é melhor que a minha? Pode ser que sim, mas a capoeira ao lado da nossa será sempre um grande mistério....

 

 

......Que nunca sabemos ao certo o que esconde.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:00


3 comentários

De thestarsareshining a 25.03.2009 às 19:16

Biju mas onde é que tu te andas a esbarrar com a tua vizinha?mosss twilight pah a sra é mãe de filhos :p
Relativamente ai às meninas da nossa casinha do segundo ano, epah mas que cabras, essas até às 16h chamavam abófia se fosse preciso...lembro-me particularmente de uma noite, que obviamente não vou dizer qual, e que tenho a certeza que sabes a qual me refiro...GRANDE CAJÓ :)e ainda bem que tu e sr agente da autoridadeeram da mesma terrinha ah ah ah

De Miss. M a 26.03.2009 às 01:08

Lá está a questão da vizinhança ser diferente nas terrinhas mais pequenas...na volta ainda andei a ver o Vitinho na casa de algum parente do Sr. Agente, ou até mesmo, somos primos afastados e nunca soubemos.
Mas realmente aquelas aves-raras eram umas grandes chatas!
Beijo*

De Herman a 16.04.2009 às 21:15

Não conheces o meu vizinho :) lol. bejito Gigantolas :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031




Visitas por cá:

contador de visitas para sites