Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eu e ele

por Miss. M, em 07.05.09

Meus caríssimos leitores, após algum distanciamento da lide bloguistica, estou de volta!

A minha vidinha sofreu alguma mudança estes últimos tempos, nomeadamente, a nível profissional.

Como este meu novo trabalho é longe da minha casa comecei a passar mais tempo com o meu querido carrinho.

Sempre gostei dele, foi uma espécie de paixão á primeira vista quando o comprei. Assim que bati os olhos no modelo do meu "pikeno" e por mais test-drives que fizesse já não consegui achar um popó assim tão....ao meu jeito.

Actualmente estabeleci com ele uma espécie de ligação, passamos "muito tempo juntos". É o local perfeito para ouvir música, cantar alto o refrão sem ninguém a ouvir ; dar os ultímos retoques de maquilhagem; comer; pensar; stressar...enfim, um pequeno espaço onde tudo, ou quase...., pode acontecer.

Não sou grande fã de carros, confesso até que nem precebo muito deste tema, apenas sei que um carro para mim tem de ser:  bonito, tem que ter uma côr a combinar com o modelo (os Audis e o amarelo-torrado não combinam); confortável, não chacualhar muito cada vez que passa uma lomba; andar razoavelmente bem, para os dias em que "tenho mais pressa"; ter arrumação para as "milhentas" coisas que podemos necessitar a qualquer momento durante a condução; não pode ter qualquer vestígio de Tunning, (carros artilhadas de cores berrantes com tribais desenhadas, estofos de Fórmula 1 e aparelhagens de disocoteca no porta-bagagens são complectamente...out); não dar muitos problemas, pois avarias mecânicas e eu não há compatibilidade possível, o facto de eu lhe colocar combustível, verificar o óleo quando me lembro e pôr água no limpa-pára-brisas quando acaba já é uma grande victória.

Poderia ficar aqui a enumerar mais coisas, mas o importante é gostarmos deles como eles são. Adaptá-los a nós e tratar deles para não nos deixarem ficar mal. Nada mais assustador do que um pneu furado a meio da noite ou uma paragem repentina no meio da confusão....Medo!!

Tal como os homens, pode até ser um modelo topo de gama, mas se der problemas e avariar a meio do caminho, mais vale trocar por outro, quando ainda está na garantia. Por melhor que seja o mecânico a que o levemos, esses pequenos defeitos irão sempre aparecer quando menos se espera e acabar com a paciência a qualquer condutora, por mais pacífica que seja.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 00:46



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2009

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31




Visitas por cá:

contador de visitas para sites