Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sabotagem

por Miss. M, em 29.05.09

No outro dia li um artigo de revista que falava num assunto que achei bastante curioso, os factores "sabotadores de dietas".

Esse artigo falava nas pessoas e ambientes que são verdadeiras "armadilhas" de petiscos, comidas pesadas e outras tentações parecidas.

Fartei-me de rir, pois sabiam que assim que uma rapariga arranja um namorado novo tem maior tendência a engordar? Ele são jantarzinhos, saídas para lanchar, chocolatinhos, cinema com pipocas...bem, realmente é daquelas coisas que podem levar a que se coma mais fora de casa e sair da rotina alimentar, mas também depois há formas bem mais divertidas para queimar calorias, hi! hi! hi!

Outro factor são as constantes saídas à noite. Pode não parecer, mas por mais que uma rapariga se mexa a dançar à noite as calorias ingeridas nas cervejitas, caipirinhas e vodkas limão são bastantes. Digamos que pude ver bem esses efeitos no tempo de Universidade. Juntem-lhe uma boa vidinha de comida fora de horas, exercício físico a menos e saídas bem regadas e o resultado são uns valentes quilitos a mais e uns pares de calças que rapidamente deixam de servir.

Actualmente apercebi-me que o meu local de trabalho acaba por ser um verdadeiro "fura-dietas", um local onde o petisquinho, a bolachinha, o bolinho está sempre à espreita, ou seja, um ambiente verdadeiramente sabotador!

Passo a explicar: um local onde praticamente só trabalham mulheres, mães de família e com dotes culinários. Quase todos os dias há novidades, ou porque houve festa de anos dos filhotes, pimba, duas tupperwares cheias de bolos; ou porque uma resolveu exprimentar uma nova receita de bolo de chocolate, toma lá mais uma fatia!

E quando não são as goloseimas caseiras há sempre os cafezitos mesmo ao lado com a grande variedade de slagadinhos, bolinhos e gelados para matar o bichinho a meio da tarde.

Ai se não me ponho a pau qualquer dia começo a rebolar!

E ponho-me a pensar, será que nos escritórios onde trabalham mais homens também se come assim? Será que na redação do "Record" eles levam os petisquinhos para comer entre as refeições? Estou a imaginar o reino da sandocha de presunto em pão caseiro, do torresmo e do queijinho da ilha. No mini-frigorífico, em vez dos iogurtes Corpos Danone, dos sumos Compal light, sopas frias também light (há sempre alguém que tem coisas destas lá no frigorifico...) e tisamas de chá-verde, imagino um recheio de packs de Sagres mini.

Lá estou eu a generalizar, mas a verdade é que deve ser um bocado diferente. Duvido que tenham as inúmeras qualidades de chás, bolachinhas e bolinhos como nós. Mas também não acredito que não cedam à tentação do petisco entre um telefonema e um e-mail.

Conversa bulímica à parte, a verdade é que não resito à pausa do petisquinho la no trabalho e é ver-me muitas vezes a ceder à tentação da fatiazinha de quiche que teima em aparecer mesmo à mão, no momento em que a fomeca já se faz sentir, mas...é só desta vez!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:29


1 comentário

De Lorenzo Monsanto a 03.06.2009 às 11:14

Costumo dizer, em tom de brincadeira, que não é o que comemos entre o Natal e o Ano novo que nos engorda...mas sim o que comemos entre o ano novo e o Natal...

Cuidar do corpo é um opção...tal como entregar-se a uma travessa de bolos. O importante é sentirmo-nos bem. :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2009

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31