Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Rumando para Sul

por Miss. M, em 27.12.07

Mais uma festividade que se aproxima e mais uma vez a tradição lá se repete:

Milhares de pessoas rumando aos Algarves para um reveillon mais a sul e com mais….confusão.

De entre esses milhares, pelo menos, 80% são portugueses e como bons tugas que são, nada como deixar tudo para a última da hora.

Passadas as festividades natalícias há que pensar onde é que se vai passar o reveillon.

Junta-se o grupo das festas, que pode ser só a família, o grupo de amigos ou então juntam-se estas duas categorias formando o mega-grupo das festas!

Formado o grupo e decidido, mais ou menos, quantos são (afinal há sempre alguém que se junta à ultima hora) há que procurar o lugar. Aqui é sempre complicado porque implica sempre o factor: preço!

Aqui no Algarve há para todas as carteiras, mas por mais abastados que sejam, fica sempre bem regatear o melhor preço. Com as festas nos hotéis já completas ou então com um preço não muito convidativo…… uma grande maioria dos tugas resolve optar por acomodar o seu grupo das festas num pequeno T2, quanto mais próximo das festarolas da rua, melhor!

Passada a complicação do alojamento, ainda falta o restaurante ideal para se poder jantar no dia 31. Aqui mais uma vez uma nova odisseia de descobrir o bom e o barato.

Há os que preferem jantar mesmo no pequeno T2 e depois ir fazer a festa para a rua, mas aqueles que optam pelo restaurante têm ao seu dispor, pela módica quantia de 50€ por cabeça (uma média aproximada dos preços praticados) o tão famoso menu de reveillon:

 - Entrada: Pão com azeitonas, manteiga e paté de sardinha;

 - Prato principal: lombo de porco no forno;

 - Bebidas variadas, incluindo o tintol da casa carrascão;

 - Sobremesa: doce da casa ou tarte de natas:

 - ½ Garrafita de Champanhe; 2 fatias de bolo-rei; as 12 passas e o caldo verde para a ceia.

Outro dilema é o traje que se vai usar nessa noite! Os rapazes acabam sempre por optar por a fatiota nova oferecida no Natal, afinal nada melhor do que estrear algo novo nessa noite.

Por mais frio que esteja, gaja que é gaja tem que estrear sempre algo novo, brilhante e desconfortável nessa noite, que tanto pode ser o vestido, o top, os sapatinhos ou então tudo junto, quer passem o reveillon numa festinha de hotel com ar-condicionado ou na praia a ver os fogos de artificio rodeada de 10.000 pessoas com 5º.

Outro enredo é decidir a cor da langerie a usar nessa noite: azul? Vermelha? Cor-de-rosa? Ás bolinhas amarelas?..... bem, sobre isso não tenho muito a opinar, cada um usa o que quer, e quem é que me vai garantir que se usar um fio-dental vermelho vou encontrar o príncipe encantado em 2008? Humm… tenho as minhas dúvidas.

E pronto, basicamente os preparativos são estes.

Depois há que desfrutar da festa, beber muito champanhe, dar beijinhos ao som das 12 badaladas, pedir os desejos para o novo ano, tirar as fotos da praxe e deixar que a noite da loucura nos embale até o dia nascer.

No dia 1 torna-se a viver o mesmo ritual: acordar tarde, a ressaca a doer, a dor nos pés, juntar o grupo das festas, ou o que resta dele, e deixar o pequeno T2 minimamente em condições e a horas de receber a caução do proprietário que, mais uma vez, lucrou 200% com a passagem de ano do tuga nos algarves.

Para os que vão é enfrentar as filas intermináveis nas estradas e para os que ficam…..o baixar da poeira desta grande festa.

Este ano a minha festarola não vai ser muito diferente, nos algarves e com o grupo das festas de sempre. Depois conto como foi!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:59

Christmas Time!

por Miss. M, em 25.12.07

É Natal!

Ruas enfeitadas, gente sorridente, votos de Paz e Amor e todo o espírito da quadra

São prendinhas para todos, ajuntamentos familiares e doces que engordam só de olhar

Centros comerciais a abarrotar, pais empenhados a comprar os presentes para a menina e para o menino, não pode faltar nada!

Uma Barbie Princesa, um Spider Man, uma Playstation III, o dvd do Harry Potter, a lista é extensa.

E se há o azar da Barbie não ser a desejada e o herói não ser aquele! No dia 25 temos o rosto de uma linda criancinha…..amuada.

Mas os mais crescidos também têm as suas prendinhas desejadas,

Quem é que não gostaria de um relogito Cartie; uns stilletos M. Blahnik; uma malinha Vitton ou umas botas da Prada?...

Mas como a crise manda apertar o cinto e não há budget para extravagancias, lá temos que nos contentar com o belo do top…..da Zara.

Eles são festas e mais festas!

No trabalho, os tradicionais jantares de Natal, sempre bem regados, troca de prendas entre amigos, são sempre grandes farras!

A família toda junta, pai, mãe, avó, avô, tio, tia, primos, uma grande algazarra!

Mais uma vez o bacalhau com couve…..prima sempre a originalidade.

São os doces da avó e os sonhos da tia, o pai conta as histórias de sempre,

Fala-se do tempo, da crise, de como o Natal já não é o que era,

“ – Antes é que era! Não haviam estas prendas todas e contentávamo-nos com uns chocolatinhos.” Conta a avó, como era o Natal antigamente.

Mas agora tudo mudou e é tudo com mais fartura,

Comidinha da boa, prendas de alegrar o olho, é sempre uma época de festa

Exageramos sempre, come-se sempre demais e depois lá se vai a boa forma

Para o próximo ano já sei como é, se não quiser parecer a Popota,

Lá tenho que me esforçar e começar a tão adiada dieta!

 

Feliz Natal!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:55

Fórmulas

por Miss. M, em 14.12.07

Hoje fui ao Shoping cá das redondezas em busca de mais uma prenda de Natal e após passar pelas tentadoras lojas de adereços e bujigangas que tanto gosto, lá optei por ir á Fnac.

 

Acabei por me decidir por um livro para a troca de presentas de Natal da minha empresa.

Sei que não é uma idéia muito original, mas como tinha de ser algo unisexo preferi escolher um livro"low-profile" e deixar de lado as sugestões dos meus colegas sobre prendas "engraçadas e marotas".....resolvi não arriscar a ferir susceptibilidades uma vez que trabalho lá há pouco tempo.

 

Após passar por as ultimas novidades tecnológias (muitas da quais nem sei para que servem.....) dirigi-me á secção dos livros.

Após vaguear por as ultimas novidades dos autores de sempre e escolher o livro que deveria ser o eleito para a minha prenda, acabei por ir áquela parte onde estão os que eu gosto de chamar "Livros das Fórmulas".

Há para todos os gostos e necessidades:

 

Os tradicionais livros de culinária, que se compram mas que depois se deixam na prateleira da cozinha á espera da ocasiação especial para exprimentar aquele caril de peixe com tâmaras, mas que leva horas a fazer....e a digerir;

 

Os que nos ensinam a cuidar melhor dos nossos filhos (ok, ainda não cheguei a essa fase da vidinha......), como tal passei pra outra prateleira;

 

Os que nos levam a viajar aos lugares mais exóticos e nos ensina a ser um "bom visitante e aproveitar o máximo de cada local" (adoro esses!!!);

 

Mas os que mais me fascinam são aqueles que nos ensinam a sermos bem sucedidos em diversas áreas da nossa vida, são esses que merecem hoje o meu destaque.

 

Há os que nos ensinam a sermos um máximo nos negócios e na gestão, o que até acho que são bastante utéis.....

 

Os que nos ajudam a sair de estados depressivos, de auto-ajuda do tipo "A Força Interior deve ser a Luz da Nossa Vida";  "Goste de Si e Aprenda com os Outros", etc; etc......Todos muito Zen!

 

E os mais engraçados, quiçá mais realistas, os que falam acerca das relações amorosas. Nesta categoria existe um infindável número de sub-categorias, como:

 - Entender os Homens (para elas);

 - Tentar Entendar Minimamente as Mulheres (para eles);

 - Como Manter Uma Relação  (para os dois...);

 - Como Reatar Uma Relação Acabada (novamente os dois...);

 - Como Sobreviver ao Casamento (os dois!!!);

 - Como Tornar o Sexo Fantástico; (os dois, o saber nunca ocupa lugar!);

 - O Guia da Cabra Secreta; (gajas....eles nunca iriam entender)

(............................)

 

Parece que as nossas relações são um caso de estudo que alguém se lembrou a tentar "orientar" da melhor maneira, do género:

 - "Para saber se ele gosta de sí, deixe que ele a volte a contactar depois do primeiro enontro....";

 - "Não deixe cair o romantismo, tente sempre acender a chama....; entre outras pérolas que se encontram em qualquer livrinho de "Fórmulas do Amor Perfeito"!

 

Há tempos atrás ofereceram-me um livro com o sugestivo título "Ele não está assim tão interessado!" de Greg Behrendt e Liz Tuccillo, dois argumentistas da série de culto "O Sexo e a Cidade".

Ok, pronto....confesso que na altura não andava nas melhores fases amorosas da minha vida, mas vou continuar a achar piada ao facto dos meus amigos me terem oferecido algo tão sugestivo e directo, enfim....

 

Foi o primeiro livro dessa espécie que li e ao lê-lo fui-me apercebendo de que tudo o que os autores diziam era senso-comum, fazia sentido, não era nada que eu já não soubesse. Acabou por servir para reforçar certas idéias que eu já tinha a respeito das relações, pois no fundinho, mesmo lá no fundo, sabemos quando alguém gosta de nós, ou quando não nos liga nenhuma. O problema é que por vezes não queremos ver e somos umas verdadeiras tontas!!!

 

A piada desses livros é que vemos situações escarrapachadas que raramente assumimos como nossas, mas sem nos apercebemos, acabamos por pensar "onde é que eu já vi isto...???" e o "isto" somos nós ou a tentar tapar o Sol com a peneira, ou a cometermos as maiores gaffes da história! O pior é que nos apercebemos e deixamos andar até ao ponto de irmos aos livros das "fórmulas" que se encontram em qualquer livararia!  

 

Todas as "Fórmulas Mágicas" estão no dia-a-dia da nossa vida. Essas fórmulas são os conselhos dos nossos amigos; os raspanetes dos nossos pais, mas as melhores são as que nós já conhecemos mas temos perguiça ou comodismo de as usar. Devemos sempre seguir a voz da razão, pois não existe melhor fórmula do que a nossa consciência!

 

Não consegui sair da Fnac sem um livro de fórmulas, mas este é profissional, (pois amorosos acho que não vale a pena....) "As Boas Raparigas não Sobem na Vida!", da Drª Lois P. Frankel, só por este titulo não resiti a levá-lo!!

Mas escolhi algo mais soft pra prenda.

 

Da próxima vez fico-me pelos autores do costume....

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:34

Só mesmo para começar.....

por Miss. M, em 13.12.07
Bem, que atire a primeira pedra quem nunca se sentiu tentado a ter o "seu" blog onde pudesse escrever sobre o que muito bem lhe apetecesse! Como não sou excepção, resolvi criar o meu "cantinho" neste universo bloguista onde, independentemente de ter sentido ou não, nos exprimimos da maneira que bem entendemos sem ser preciso sermos um jornalista do Expresso. Jornalista ou não, o que interessa é que por vezes acontecem coisas que valem mesmo ser contadas e comentadas, ou então são simplesmente trivialidades da "vidinha", mas que também merecem o seu destaque, e alguém que as conte. Esperem que gostem!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:43


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031