Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Perfection

por Miss. M, em 21.01.10

A perfeição não existe.

E não me venham com histórias que há "pessoas impecáveis", extremamente atenciosas, lindas por fora e por dentro e que até fazem voluntariado no Burkina Faso, porque no fundo, lá no fundinho, há sempre algo que não agrada a gregos e troianos.

E o que seria do mundo se todos gostássemos do azul, fossemos todos iguais?! Uma valente seca!

Todos temos os nossos defeitos, uns mais detestáveis que outros, mas no fundo ninguém é completamente "impecável".

Cada dia me convenço que não são os pontos comuns que aproximam realmente as pessoas. Esses interesses mútuos funcionam muito bem no ínicio, quando as pessoas ainda são todas "impecáveis" umas com as outras.

Depois quando se conhecem os defeitos é que é pior....

Mas depois existem aqueles defeitos aos quais não conseguimos resistir, que achamos "aquela graça", que torna cada pessoa diferente e especial.

 

 

A perfeição só o é aos olhos de alguns, apreciada por muitos mas só realmente desejada por aqueles que a compreendem. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:24

New look

por Miss. M, em 10.01.10

Ontem resolvi que deveria dar um jeito no meu cabelo e como a minha cabeleireira está de férias, aventurei-me num salão novo.

O erro crucial....

O espaço era engraçado, bastante agradável, moderno, a "senhora cabeleireira que parecia dona do salão" até era bastante simpática e, imagine-se, cobravam uma verdadeira pechincha!

Nem pensei duas vezes e lá me aventurei. Após ter lavado a cabeça colocaram-me na mão de uma criaturinha que não devia ter mais de 20 aninhos, estagiária, quase de certeza, que começou a escortinhar-me o cabelo de uma maneira assustadora!

Eu expliquei o que queria e a infeliz não percebeu que o "ligeiro escadeado nas pontas e à frente" era LIGEIRO e o resultado foi um desastre completo! 

No final estava em pânico e quando a pessoa de olhos pintados de roxo me perguntou "Então gosta?", eu não tive com cerimónias e juntamente com um olhar fulminante, apetecendo-me cravar a tesoura nos olhos da infeliz, limitei-me a dizer: "Não foi isto que eu tinha pedido! Isto vai ficar todo espetado!" Tirei eu mesma o "babete de cabeleireiro" e saltei da cadeira de design futurista o mais rápido que pude. Resolvi ir embora e não fazer mais alarido, podia ser que até nem ficasse tão mau como parecia.

Como ontem até estava um dia ventoso, assim que chego a casa só tive vontade de chorar! O meu cabelo estava todo espetado e parecia que tinha uma "tijelinha" na cabeça, de onde saía a meia dúzia de cabelinhos restantes que pendiam sobre o meu pescoço.

Não conseguia encarar as pessoas naquela triste figura e, numa acto de desespero, procurei rapidamente outro salão onde pudessem "remediar" a situação.

Fui atendida por uma senhora cabeleireira muito simpática que me explicou que a única solução era "optar por um corte mais curto", pois para além do "escadeado radical" o corte estava todo torto e tinha um lado do cabelo mais comprido do que o outro. Ao que ainda acrescentou, "Deixe lá, isso volta a crescer." Pânico!!!

E pronto, "forçosamente" a minha mudança de visual aconteceu. Já estava a planear algo do género, mas não era preciso ser tão "radical", pois ainda me estou a habituar à nova pessoa que aparece no espelho à minha frente. E vendo agora, até nem ficou tão mau quanto isso, já desisti da ideia de andar de chapéu nos próximos meses. 

Quanto ao "salão cabeleireiro enganador" , imagine-se, que no final a senhora que me atendeu da primeira vez e vendo a minha cara de infelicidade ainda me deu um cartão cliente!! Cartão esse que voou directamente para o lixo feito em pequenos pedacinhos.

Isto há com cada uma....

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:13

Best wishes

por Miss. M, em 04.01.10

Mais uma passagem de ano que se passou e mais do mesmo também.

Este ano inovámos um pouco no local, mas fora isso, foram os tradicionais dias de comemoração bem ao nosso estilo. Muita bebidinha, comidinha e o pessoal todo junto e animado é o que se quer. Não somos pessoas muito exigentes nesse aspecto, pois arranjem uma casinha decente (sim, isso é importante....), uma garrafeira recheada e mantimentos para 3 dias de "dolce fare niente" e ficamos bem felizes.

A entrada em 2010 começou bem, com o champanhe da praxe, desejos de muitas coisas boas e as vibrações mais positivas possíveis.

Infelizmente a "ressaca da festa" deixou-me num estado lastimoso e fui atacada por uma constipação terrível que me deixou hoje de molho em casa. Não é lá uma grande forma de entrar nos primeiros dias do ano mas não quero acreditar naquelas tretas do "mau pronuncio".....

Os meus desejos para 2010 são os habituais e já conhecidos, mas continuam a ser os mais importantes para mim.

Quero ter saúde para desfrutar cada momento e também para os meus, porque quando alguém que gostamos fica doente, adoecemos um bocadinho também.

A minha família e os meus amigos comigo, naqueles momentos especiais e em todos os outros.

Ter trabalho e continuar a fazer aquilo que gosto, algo muito importante também.

Mais tempo para fazer outras coisas que me dão prazer e ter também tempo para estar com aqueles de quem gosto, aqui calhava bem um dia com, pelo menos, 46 horas!!

Uma melhoria a nível económico era muito bem vinda, pois isto de ter tempo para fazer as coisas, para as jantaradas, compras e viagens é bom.... mas não ter cachet para tal é aborrecido.

E já agora, se não for pedir muito, este ano gostava de me apaixonar. Ter uma daquelas paixões que nos sacodem o corpo e a alma, que nos sonhar acordadas e, já agora, que seja correspondida.

Espero não ter pedido muito, mas vamos lá ver o que este 2010 que começou chuvoso me reserva.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:42


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31