Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



The Chicken Match

por Miss. M, em 23.01.12

Esqueçam jantares pipis, esqueçam restaurantes bonitos e pratos de chefs galardoados com estrelas Michelin, pois aquela refeição que ditará o sucesso de uma relação é o: frango assado!

Já tinha pensado neste assunto, pois até me fazia algum sentido, mas depois de ter lido isto  não resisti em expressar a minha concordância com a teoria.

Imaginem o cenário: Tu e o teu date vão à churrascaria, pedem a típica bandeja de frango, saladinha, batatas e a jolinha para ajudar e escorregar melhor. A comida chega, ele pergunta-te qual a parte que tu preferes e tu: "Ah, eu gosto mais do peito!" E ele....."Hum, que coincidência, eu também! Estás a ver como até temos coisas em comum."

Wroooong! Podem até ter qualquer coisa em comum, ele pode ter sido um verdadeiro cavalheiro em ter-te cedido o peito de frango naquele jantar, fazendo o esforço de comer as outras partes, ou alegando que afinal não tinham muita fome, mas a verdade é que o jantar só correu bem porque foi o vosso primeiro "jantar na churrascaria" e ele não queria fazer má figura. Todos os outros seriam um bocado chatos, com aquele "sentimento de culpa" sobre quem se alambazava primeiro ao peito, ou então sobre quem ficaria um bocado aborrecido de ter que ceder a sua parte favorita.

O verdadeiro entendimento está a ter um parceiro "à altura" do "desafio-do-frango-assado". Alguém com quem sejamos capazes de partilhar um frango, sem que hajam embaraços. Pessoas que comem frango à mao enquanto a outra não gosta de sujar os dedos não é assim tão importante, desde que comam as partes diferentes da mesma refeição.

 Então é assim:

Se preferes a carnuxa que está junto aos ossinhos, delicias-te e não resistes a umas coxinhas suculentas com a pele tostadinha e nem as asas te escapam, eu sou a tua "parceira-de-frango" ideal! Eu é mais "peitos" e partes consideradas secas e sem-graça para muitos.

Dá-se preferência a pareceiros de churrasqueira sem medos de sujar os dedinhos, mas que, de vez em quando, não se importem de usar os talheres (há locais em que as ferramentas são "obrigatórias" onde até o pastel-de-bacalhau tem que ser comido de faca e garfo e não sou moça de passar vergonhas). Importante também gostarem de uma jolinha para acompanhar, capazes de distinguir um pinto de um frango e sem as esquisitices do género: "Ah, mas eu só gosto de frango do campo...mimimi", ou então"Eu não como frango criado em quintais, bla, bla, bla..." Meus meninos: Não há melhor frango para assar do que o frango do aviário, as hormonas e as farinhas dão-lhes assim aquele toque especial, assim como não há frango-da-cidade que bata o caseirinho quando o assunto é guisado.

 

Pronto, alguns requisitos básicos a acrescentar ao Mister Right.... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:28

As coisas que elas usam

por Miss. M, em 21.01.12

 Chamem-me out-of-fashion, antiquada, quadradona....mas há coisas que não consigo gostar. 

A falar a sério, será que ninguém diz que estas "coisas" parecem botinhas ortopédicas com salto?! 

Feias que dói e com um ar de botas próprias para pessoas com problemas nas pernas.

 

Outro sapatinho feio...o "Oxford Shoe" ou então, na boa giria, o "sapatinho-d´ir-ao-figo". Não consigo gostar, pronto.

 

É que só me lembram os sapatinhos de conforto das velhotas ou então, aqueles modelos ainda mais masculinos, os "sapatos-lesbianos".

 

Outro apontamento "modernaço" que agora se vê muito é  a "golinha-de-pôr-e-tirar". 

Eu já usei coisas destas, é verdade. Até aos meus 9/10 anos a minha mãe insistia neste tipo de adereço removível para completar a toillet e dar mais graça a qualquer camisolinha de malha "home made". Mas isso foi na minha infância, lá atrás, já passou. Costumo associar estas golinhas às crianças e pronto, acho um bocado esquisito ver raparigas e mulheres adultas com aquilo.

 

Mas a moda é mesmo assim e se, por acaso, algum dia algum "guru-da-moda" ditar que o máximo é cobrir o corpo com um saco de plástico verde às riscas violeta, nessa época, o tecido mais in será o plastificado, o verde esmeralda será a cor, as riscas o padrão e a figura "ensacada" a silhueta.

 

Há dias assim, em que me sinto mais critíca, "prontes"!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:51

2012

por Miss. M, em 15.01.12

Entrada em 2012 em altas, mas um início de ano um pouco complicado.

E logo no dia 1 de Janeiro dei uma olhadela a um daqueles artigos de uma revista cor-de-rosa que, entre os potenciais vencedores da Casa dos Segredos e os melhores acontecimentos de 2011, vinha a indicar o que os astros revelavam a cada um dos signos.

Segundo a Maya, o meu 2012 não será muito auspicioso....bom, não será assim tão mau, mas basicamente a "Xô-Tôra do Tarot" disse que ia ser um ano daqueles em que teria momentos altos de stress, deveria ter cuidado com a saúde, cuidado com as saídas à noite e com o álcool em excesso (exageradona....), seria um ano complicado a nível amoroso e mimimimi... Fu** You Maya! Para negativismos já basta a conjuntura, e não será desta vez que irei dar importância à astrologia.

Um Janeiro um bocado de cinto apertado: Confirma-se. Mas ainda falta um ano inteirinho pela frente e acredito que somos nós os principais causadores da nossa sorte e dos nossos azares. É verdade que muitas vezes podem haver coincidências e casualidades que podem mudar o rumo de muitas coisas, mas continuo a acreditar que depois de má casualidade haverá sempre uma boa, como forma de recompensa. Outra teoria em que acredito é que se fizermos coisas boas, seremos sempre recompensados por isso, o chamado "Karma".

Logo a entrar em 2012, mesmo naquela noite apercebi-me disso, uma coisa "menos boa" fez com que parasse e pensasse um bocadinho mais na minha vidinha. Há coisas que temos que deixar em 2011 definitivamente e seguir em frente.

E será esse o espírito de 2012, LAUGH every day, LOVE beyond words and LIVE every moment!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:56


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031