Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


28

por Miss. M, em 16.06.12

Neste momento sou uma pessoa com 28 anos e 9 dias....e confesso que pouca coisa mudou.

Acho que é este o lema, aproveitar sempre o melhor que a vida nos oferece.

Mas talvez seja a altura de mudar... talvez não.

Mas isso agora não importa nada, há que aproveitar sempre ao máximo. Não nos arrependermos do que fazemos e não nos lamentarmos do que poderiamos ter feito.

O Verão está a começar e há ainda muito que fazer, acontecer e, quem sabe, dar um rumo diferente às coisas....a ver vamos :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:40

27 And so on...

por Miss. M, em 10.06.11

E assim se passou mais um, quase já nem dou conta....será que é um sinal de velhice?? Humm...nããaa me parece.

No passado dia 07 de Junho fez exactamente 27 anos que me dou por gente e lembrei-me de quando tinha 17 aninhos, há 10 anos atrás.

Aos 17 queremos rapidamente ter 18 anos, os anos demoram eternidades a passar;

Aos 27 queremos aproveitar ao máximo, já não queremos que o tempo passe assim tão rápido;

Aos 17 pensamos em tirar a carta;

Aos 27 pensamos que nunca mais acabamos de pagar o carro;

Aos 17 as pizzas e hambúrgueres são facilmente aniquilados pelo nosso organismo, como se de um litro de tisanas se tratassem;

Aos 27 vai tudo directamente para o teu pneu, coxa e rabiosque sem passar pela casa de partida;

Aos 17 lutamos contra o acne;

Aos 27 lutamos contra as marcas que o c*****deixou na cara;

Aos 17 pintamos o cabelo de cores estranhas;

Aos 27 tentas tentas não pintar o cabelo, tentando ter o aspecto mais "cool" possível, mas guess what, descobres o teu primeiro cabelinho branco;

Aos 17 queixas-te que as aulas são uma seca e nunca mais chega a altura de ires para a universidade;

Aos 27 trabalhas e já recordas com nostalgia o tempo da universidade;

Aos 17 resmungas que tens aulas de Edução Física às 9h da matina e inventas que te dói a barriga porque não te apetece correr logo tão cedo;

Aos 27 pagas para correr na passadeira ao fim da tarde para combater um sedentarismo de cadeira & PC durante o dia todo;

Aos 17 bebes um copinho de Gold Strike on the rocks e tens a noite feita;

Aos 27 bebes um shot que contenha apenas um travo dessa bebida e apetece-te chorar;

Aos 17 bebes vodka com limão;

Aos 27 também...

Aos 17 tens 5/6 pares de sapatilhas + 1 par de Dr. Marteens + 2 pares de sandálias rasas para o Verão + 1 Botas "medonhas" compensadas para saíres à noite + 1 par de sandálias para o mesmo efeito + 3/4 pares de chinelos para o Verão;

Aos 27 tens 1 par de sapatilhas para o ginásio + 2/3 pares de sapatilhas para o fim-de-semana descontraído + 3/4 pares de sabrinas + 3/4 chinelitos para o Verão + (????) pares de sapatos + (????) pares de botas + (????) pares de sandálias...e há sempre espaço para mais uns;

Aos 17 os homens de 25 são "um bocadinho" velhos;

Aos 27 os homens de 25 são "meninos";

Aos 17 os nossos amigos começam a namorar;

Aos 27 casam:

Aos 17 recebes a mesada parental mas trabalhas nas férias do Verão para poderes gastar "mais à largueza";

Aos 27 trabalhas a tempo inteiro e anseias que os teus pais te presenteiem com algum bónus para poderes gastar "mais à largueza";

Aos 17 achas que os rapazes com cabelo comprido têm um "je ne se quais" de estiloso;

Aos 27 achas isso completamente demodê..;

Aos 17 lês certos livros pela primeira vez;

Aos 27 voltas a ler a mesma coisa, mas já com um significado diferente do que há 10 anos atrás;

Aos 17 um desgosto amoroso dura semanas, até meses, a curar;

Aos 27 dura apenas alguns momentos...os suficientes para racionalizares melhor a coisa;

Aos 17 tens um Nokia 3310 que achas o expoente máximo da tecnologia;

Aos 27 o telemóvel tem câmara, ecrã táctil, Internet e mais outras tantas paneleirices, mas mesmo assim, achas sempre que ainda podias ter algo mais updated...;

Aos 17 mal usas o PC e as conversas online são via Mirc;

Aos 27 o facebook é um pequeno mundinho.

Aos 17 vais alegremente e sem medos às festas da espuma, com uma enorme percentagem de não correr bem, podendo haver um atropelamento em massa, um afogamento ou, na melhor das hipóteses, uma valente constipação, ao voltares para casa molhada até aos ossos e a cheirar a detergente rasca;

Aos 27 sais á noite sempre prevenida com casaco, não vá haver praí uma aragem que te cause um resfriado;

Aos 17 pensas que há ainda muito para sentir, visitar e viver;

E aos 27 também!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:17

Growing Up

por Miss. M, em 08.06.09

Ontem acordei mais velha.

Ok, pronto, todos os dias isso acontece, mas ontem foi especial, pois acordei e tinha 25 anos. Fiquei por momentos e pensar na minha vidinha, enquanto a minha mamy me contava, once again, o dia do meu nascimento com direito aos pormenores sórdidos e da trabalheira que uma pequena criatura pode causar quando vem a este mundinho.

Lembrei-me do que pensava há uns bons aninhos atrás, do que estaria a fazer agora. Pensava que teria uma profissão completamente diferente, pois iria conciliar uma carreira de hair-staylist (vulgo...cabeleireira das modelos) profissional, com uma séria e respeitável veterinária especialista em felinos. Achava que a idade para casar seria com 24, pois tinha quase a certeza que o meu príncipe encantado apareceria por artes mágicas por volta desta idade. Iria viajar muito, de avião preferencialmente, e teria um carro descapotável muito semelhante ao descapotável da Barbie.

Mas isso não aconteceu, continuo a gostar muito da felinos, mas a minha vocação para os penteados no mundo da moda não passou de uma fase; ainda não casei e nem penso fazê-lo tão cedo, o meu carro não é descapotável côr-de-rosa e restou o meu gosto pelo passeio, se for de avião ainda melhor!

Mas é engraçado como mudamos, como vamos crescendo, mudando os gostos e a maneira de pensar.

Não me sinto velha, sinto-me bem e com a certeza que ainda há muita coisa a viver pela frente.

Afinal, pertenço à grande geração de 84, filha de geração de 70´s que ainda viveu num país ainda mais complicado e preconcituoso.

Vi a Alexandra Lencastre na Rua Sésamo; a televisão com 2 canais e o mitíco Vitinho. Andava no banco de trás de carro sem cinto de segurança e passeava na rua sem medo de ser raptada. Via a Tieta e os Jogos Sem Fronteiras na televisão; sabia a letra do “Quando cai a Noite na Cidade” da Anabela; fui a concertos dos Onda Choc e ainda conheci a Ana Malhoa sem silicone a apresentar o Buérere. Lembro-me de dançar a Lambada e comprar cassetes  dos Ace Of Base para ouvir no Walkman da Sony.

Passava as férias em casa do avós e sobrevivi sem Playstation; comprava a Super Pop e tive posters dos Bon Jovi e dos Take That. Não perdia o 86-60-86, coleccionava os cromos das Marés Vivas e gostava de Spice Girls.

Ontem lembrei-me mesmo de situações boas e más. De como umas coisas não fazem sentido sem outras. Ontem não me lembrei de ti, nem de ti, mas de ti! De como já fui feliz em lugares insólitos e como poderia ter sido diferente.

 

 

“A felicidade é um caminho e não um objectivo.”

Cada vez faz mais sentido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:41

Barbie

por Miss. M, em 12.03.09

A boneca mais famosa do Mundo celebrou 50 primaveras!

Se há boneca que eu sempre gostei foi da Barbie. É uma lembrança carinhosa que guardo da minha infancia, as minhas bonecas loiras e "esticadinhas", termo que a minha avó se referia a elas.

Lembro-me que era dos melhores presentes de Natal e Aniversário que podia receber, sim, porque na altura as mais modernas e bonitas já eram caras e o orçamento limitava o número de Barbies por ano. Mesmo assim, a minha colecção de bonecas top-model incluía um extenso guarda-roupa com respectivos acessórios, o suficiente para largas horas de brincadeiras.

As melhores brincadeiras foram mesmo com ela e uma grande ajudinha no desenvolvimente a nível de gosto feminino também. Perdia-me no tempo a inventar vestidos elaborados com lenços e penteados; fiquei de rastos quando fiz um corte de cabelo radical a uma delas e percebi que já não podia fazer mais nada e ficava fula quando alguém resolvia arrancar a cabeça ou outro membro a uma delas, isso dava direito a uma valente birra minha.

A minha primeira Barbie era linda, não me lembro do nome, mas tinha um vestido azul e uma capa com pelinho a condizer; tinha um mecanismo que se accionava nas costas e penteava-se sozinha, uma verdadeira princesa auto-suficiente até ao dia em que lhe dei banho. A partir desse dia nunca mais se penteou sozinha, mas eu continuei a gostar dela mesmo assim.

Lembro-me também da minha Barbie Hollywood, com um fatinho branco e dourado, botas à comboy douradas e um cabelo até aos pés. Trazia um spray para o cabelo, que o tingia de côr-de-rosa e um pente com estrelinhas.

E ainda na minha memória está a Barbie Benetton! Aquela que nunca tive, mas que sempre desejei. Lembro-me como se fosse hoje do anúncio da televisão: com uma roupa toda fashion, muito casual; um chapéu da moda e o cabelo ligeiramente ondulado. A letra da música era alguma coisa como "Viva a Barbie Bennetton! Ir às compras é tão bom. Com a Barbieeeee!"

Tive também duas Barbie Pricesas, com vestidos a condizer com o estatuto e ainda outras tantas mais modestas com os vestidinhos de kocktail.

Fico contente de ter bricando com elas, fazem parte da minha infancia e ainda hoje as recordo com muito carinho.

Espero sinceramente que as gerações futuras de meninas continuem a brincar com elas e não se deixem sucumbir ao flagelo das Bratz e companhia.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:20

1º ano de blog!!

por Miss. M, em 14.12.08

Parabéns ao meu blog!!!

Nem acredito que já está à cerca de 1 aninho na blogosfera.

 

 

O primeiro ano de histórias, desabafos, disparates, acontecimentos e de tudo um pouco neste espaço que tentarei actualizar o mais possível.

Os parabéns também aos meus leitores, à meia-dúzia de fiéis que me visitam e a todos os outros que aparecem cá por engano.

 

Não deixem de aparecer e espero que se divirtam!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:46


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Posts mais comentados