Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Chega!!

por Miss. M, em 21.10.09

Esta tortura já dura há tempo sufiente e já ninguém aguenta o anúncio novo do Pingo Doce!!

A música é qualquer coisa de .....irritante, comprida e dá em todo o lado!!

Até já há uma petição na net para acabar com o anúncio. Não é que acredite muito nessas coisas, mas em todo o caso dei o meu contributo.

É que é daquelas musiquinhas irritantes, com um refrãozinho que entra fácilmente no ouvido e mal se dá por isso, já se está a cantarolar. E não é que a música passa também nos supermercados da marca!

Flagelo comercial ou uma excelente estratégia de marketing, mas que toda a gente comenta, isso é certo. Um belo exemplo do "falem bem, falem mal, mas falem de mim!"

Acho que só um CD inteiro do Pedro Kima, duas horas do best of da Floribela ou uma K7 da Ágata são capazes de ser tão irritantes como esta obra prima da publicidade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:34

Mais uma SA que passou

por Miss. M, em 19.05.09

Há coisas que nunca mudam, outras que, irremediavelmente, já não são as mesmas.

Esta foi a constatação do meu fim-de-semana passado.

Pronto, mais uma Semana Académica se passou e eu, que já há algum tempo deixei de pertencer à "classe estudantil", não resisti em ir lá beber uns copos e ver o ambiente.

Depois da maluquice do Sábado passado, em que acabei no recinto do "país das maravilhas" a beber shots, de saltos-altos, já fora de horas, este fim-de-semana calcei os ténis do combate e lá fui aventurar-me em mais uma Semana Académica.

Sei que um dia aquilo já pouco me dirá, mas até que esse dia chegue, não resisto a lá ir, nem que seja só uma noite, mesmo que até nem goste muito do concerto.

Já não fico em "modo semana académica", até porque o trabalho não me permite, mas continuo a não resistir a uma boa litrona, o convívio à media luz e aquele espírito de descontracção que se vive.

Sexta - Feira: Aniversário da B., sangria moderada e, no recinto, concerto de Buraka! Não sou lá grande fã do grupo, mas conseguiram-me surpreender. O ambiente era estranho e o espaço estava muito cheio. Por mais que me custe não me consigo habituar àquela gente mal encarada, com a mania que são maus e que armam confusão por dá cá aquela palha. Não gostei muito do ambiente, mas foi uma noite engraçada.

Sábado: Caminhada até ao recinto, tributo aos ABBA, que adorei. Nada melhor para alegrar a noite do que dançar "Dancing Queen" . Depois foi a dose dupla de 2Many Djs e o já conhecido Pete Tha Zouk. Litronas e Shots, talvez um pouco a mais da minha capacidade, mas sobrevivi sem grandes mazelas.

Há coisas que nunca mudam, como a descontracção do pessoal, rever pessoas, a bebida barata, as barraquinhas, as casas-de-banho duvidosas....

Mas já la vai o tempo em que aquela semana era vivida intensamente, os trabalhos eram adiados, o pessoal todo a dormir lá em casa, os concertos, as bebedeiras gigantolas, as chegadas a casa de manhã e comer o resto do jantar, as ressacas curadas com muita coca-cola e hambúrgueres com molhos...

Isto sem falar do ano da organização da grande Barraca do curso (By the way, ganhámos o primeiro prémio nesse ano). Muito morango cortado, criatividade, muitos shots de borla, muito trabalho árduo,  mas, acima de tudo, uma daquelas lembranças boas que nunca mais vou esquecer.

Momentos que já lá vão, mas que recordo sempre com um grande sorriso.

Podia ter aproveitado essas semanas do meu curso para me aplicar e estudar? Podia. Podia ter aproveitado para descansar e preparar-me para os últimos testes? Claro que sim. Mas não o fiz e ainda bem, porque hoje ficaria bastante frustrada por ver que não teria aproveitado aquelas semanas de pura diversão tão bem. Teria tido melhores notas? Teria sido mais feliz assim? Isso nunca saberei, mas, o importante é que posso dizer que "Eu Fui à Semana Académica!!"

Posso até continuar a ir lá uma vez por outra e divertir-me, mas já não será a mesma coisa.

Bahhh!! Que horror, já estou com este discurso de pessoa mais velha! Vou ali arrumar os ténis do combate na caixinha, calçar o salto-alto outra vez e já volto!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:48

Desafio

por Miss. M, em 29.11.08

Em resposta ao desafio proposto pela Linda, Grão de Areia para os internautas conhecidos, residente no blog vizinho walukinnha.blogspot.com, lá matei uns quantos neurónios a tentar achar um músico/ banda cujas músicas pudessem dar resposta às perguntas propostas.

O músico escolhido para a minha banda sonora foi o meu querido Lenny Kravitz e assim sendo aqui vai:
 - És homem ou mulher? “Just be a Woman”
 - Descreve-te: “Always on the Run”
 - O que as pessoas acham de ti? “Be”
 - Como descreves o teu último relacionamento? “Cold Turkey”
 - Descreve o estado da tua actual relação: “Take Time”
 - Onde querias estar agora? “Sittin on the Top of the World”
 - O que pensas a respeito do amor? “Storm”
 - Como é a tua vida? “Dig in”
 - O que pedirias se pudesses ter só um desejo? “Fly Away"
 - Escreve uma frase sábia: “What goes around comes around”
Nem sempre é fácil arranjar uma banda sonora que nos identifique, não temos sempre o mesmo estado de espírito e a nossa vidinha está sempre a mudar, mas por enquanto, acho que esta até que se encaixa.
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:18

Dia M

por Miss. M, em 16.09.08

Não, não foi o meu dia de anos, esse já passou há algum tempo, mas ontem o Telejornal anunciava o “Dia M”, evento de grande importância a acontecer no nosso país, tal como uma grande e emocionante final num Europeu ou até Mundial de Futebol.

Mas a noticia era de outra índole, mais ao estilo musical. Após meses de ansiedade, alarido e expectativa lá aconteceu o mega-concerto do ano: Madonna ao vivo, a cores e músculos na sua mais recente: Sticky & Sweet Tour em Portugal.

Ela esteve cá e deve continuar, até porque se soube que a Sra. está encantada com o nosso pacato país e a sua estada no, não tão pacato, Pestana Palace está a correr de feição á vedeta.

Com o alarido todo que a ocasião comporta, a Sra. Madonna deu o show que todos esperavam, desde música, dança e todo um espectáculo milionário preparado ao pormenor, ou não fosse ela a “Rainha da Pop”.

E como ainda está aqui para as curvas nada como celebrar os 50 anitos com a pompa que merece e nada melhor que uma digressão bem ao seu estilo e como quem diz: “Sim, tenho 50 anos, e depois?! Roíam-se de inveja com o que eu consigo fazer e como sou uma cota bem à frente.”

Mas deixo-vos com um pequeno resummé de quem é esta mulher que tanto revolucionou o mundo da música.

 

"Madonna Louise Veronica Ciccone Ritchie nasceu em Bay City, Michigan, a 16 de Agosto de 1958, conhecida simplesmente como Madonna, é uma cantora, compositora, dançarina, produtora musical e cinematográfica, atriz e escritora estadunidense. Vencedora de nove Prêmios Grammy, e de um Globo de Ouro e dois Oscar. A 11 de Março de 2008, Madonna entrou para o “Hall da Fama do Rock and Roll”, título americano cedido aos artistas que fazem história e têm grande importância e influência no mundo da música por no mínimo 25 anos. Madonna adquiriu muitos prémios ao longo de sua carreira e estes somam um pouco mais de 120, sendo uma das cantoras mais premiadas no mundo da música, segundo a Agência FamaPress. Madonna é mais conhecida pelas polémicas que causa ao misturar temas políticos, sexuais e religiosos à sua obra.

Desde o início de sua carreira em 1982, Madonna tem lançado vários discos e singles e vendeu mais de 280 milhões de álbuns e 160 milhões de singles no mundo inteiro, tornando-se a cantora que mais vendeu na história da música mundial. São mais de 440 milhões de cópias vendidas no total. Em 2006, a Billboard divulgou que a tournée de 2006, Confessions Tour, é a tournée feminina que mais arrecadou na história. De acordo com o Guinness Book of Records e com a Revista Forbes, ela é a cantora mais rica do mundo com uma fortuna estimada em US$ 850 milhões de dólares, e o Guinness Book of Records, listou Madonna como a Artista Feminina mais Bem Sucedida de Todos os Tempos.

Já foi cheerleader e ainda adolescente muda-se para Nova Iorque com apenas 37 dólares para tentar a sua sorte no mundo do espectáculo. Passou dificuldades e ainda lavou alguns pratos.

Em 1979 integrou a digressão mundial do cantor disco Patrick Hernandez (conhecido por seu único sucesso, "Born to be alive"), durante a qual conheceria Gilroy, que seria seu namorado e junto com o qual fundaria, a banda "Breakfast Club".

Por volta de 1980 a banda "Breakfast Club", onde Madonna foi baterista, guitarrista e vocalista, tinha terminado. Depois do fim da banda, Madonna criou outra, a "Emmy", com um antigo namorado, Stephen Bray. Os dois brevemente decidem afastar-se da "Emmy" e começam a trabalhar em conjunto em canções.

Em 1981, devido a dificuldades financeiras, Madonna participou como "vocal de apoio" em três canções do cantor alemão Otto Von Wernherr ("Wild Dancing", "Cosmic Climb" e "We Are The Gods"). Mais tarde, quando Madonna se tornou famosa, Otto seleccionou as pequenas frases cantadas por Madonna e lançou-as como "canções".

Entretanto, uma cassete com as canções que Madonna criou com Bray chegou às mãos do produtor e DJ Mark Kamins que a entregou à editora discográfica Sire Records, que contratou Madonna em 1982.

Em Julho de 1983 foi lançado o primeiro álbum da artista com o título The First Álbum, de onde fazia parte o seu primeiro grande sucesso, Holiday.

O seu segundo álbum, Like a Virgin é lançado em novembro de 1984 e a faixa título apresentada no primeiro MTV Video Music Awards onde Madonna surgiu de um bolo vestida de noiva, seguindo-se uma performance na qual a cantora acabaria por rolar pelo chão. A apresentação foi considerada muito ousada para os padrões da época e a imagem de Madonna ficou marcada por tal episódio. A música permaneceu durante seis semanas nos tops.

Em 1985 Madonna conquistou fama mundial com os sucessos "Material Girl" e "Crazy for You"; participa da edição do Live Aid, evento organizado por Bob Geldof, que pretendia angariar fundos para resolver a crise de fome que se vivia na Etiópia. Também nesse ano, Madonna casa-se com Sean Penn (no dia do seu vigésimo sétimo aniversário) e estreia sua primeira tournée nos Estados Unidos e Canadá, a The Virgin Tour.

No começo de 1986, Madonna iniciou uma colaboração com Patrick Leonard que se prolongaria até finais da década de oitenta e da qual nasceram muitas das canções mais conhecidas da artista. Em Agosto de 1986 foi lançado o disco True Blue, que vendeu 7 milhões de cópias só nos Estados Unidos. Em Novembro do mesmo ano surge o seu segundo filme, "Shanghai Surprise".

Apesar do fracasso cinematográfico, em 1987 Madonna protagoniza o filme "Who´s That Girl?", no qual interpreta uma ex-presidiária, que foi acompanhado pela trilha do filme enquanto sai na sua primeira tournée mundial com mesmo nome ("Who´s that girl Tour").

Em Dezembro de 1988 Madonna pede o divórcio de Sean Penn.

Em 1989, é lançado o disco Like a Prayer, aclamado pela crítica, que sempre se tinha mostrado relutante em relação a Madonna e no qual se juntavam elementos da música pop, dance e rock. O videoclipe da faixa título do disco gerou polémica pelo facto da artista se envolver romanticamente com um santo negro numa igreja, com referências a símbolos do catolicismo, como os estigmas de Cristo.

Em 1990 Madonna regressou ao mundo do cinema com o filme Dick Tracy, no qual desempenhou o papel de Breathless Mahoney, lado a lado com o ator Warren Beatty, com quem manteve uma relação amorosa.

No final do ano, Madonna lançou a sua primeira colectânea de sucessos, The Immaculate Collection. Além de quinze sucessos dos anos 80, Madonna incluiu duas novas canções, "Justify My Love" (escrita e produzida em parceira com Lenny Kravitz) e "Rescue Me".

A 21 de Outubro de 1992, Madonna lançou o livro Sex, um trabalho com fotografias de Steve Meisel, onde na maioria a cantora está nua, sozinha ou com celebridades como Isabella Rossellini, Naomi Campbell e o rapper Vanilla Ice, em situações que retratavam fantasias eróticas da cantora o que acabou por contribuir para o período mais escandaloso de sua carreira. Ainda no mesmo ano, lança um novo disco, Erotica, de onde foram extraídos novos sucessos, como "Deeper and Deeper", "Rain" e a própria faixa título, acompanhada por um video-clip controverso devido ao seu conteúdo erótico.

Depois da controvérsia, Madonna volta ao público com um novo álbum, dessa vez mais calmo e romântico. Bedtime Stories é lançado em 1994 com grandes sucessos como "Secret", "Take a Bow", "Bedtime Story".

Em 1995, foi lançada a primeira colectânea romântica, Something to Remember, com as baladas mais famosas e faixas inéditas: "You'll see", "One More Chance", "I Want You".

Em 1996, Madonna ficou grávida do seu treinador pessoal, Carlos León. No dia 14 de Outubro daquele ano, deu à luz a sua filha, Lourdes Maria Ciccone Leon, que Madonna trata por "Lola".

Em seguida Madonna estreou o filme mais marcante de sua carreira, Evita, no qual ela encarna a ex-primeira-dama argentina Eva Perón, onde venceu o Globo de Ouro pelo seu desempenho e um Oscar de melhor canção original por You must love me, escrita especialmente para o filme.

Em 1998, depois de quatro anos sem lançar um álbum inédito, Madonna reaparece aparentemente mais madura, com um estilo musical novo. O álbum Ray of Light reflete influências da música techno com toques de guitarra e violão em camadas de produção do estilo chamado ambient, misturados com uma estética de cunho místico extraída de religiões como o hinduísmo e budismo, bem como da tradição mística do judaísmo, a Cabala, da qual se tornou uma estudiosa.

Em 2000, lançou Music, ainda com influências electrónicas, porém numa estética country. Music, fica nos tops mundiais por várias semanas, e a faixa título é considerada um dos maiores sucessos da carreira da cantora, tendo-se tornado o décimo segundo single a atingir o primeiro lugar das tabelas de vendas. Do álbum foram retirados mais dois singles, "Don´t Tell Me" e "What It Feels Like For a Girl".

A 22 de Dezembro do mesmo ano, Madonna casa com o realizador de cinema inglês Guy Ritchie no Castelo Skibo na Escócia. Na mesma ocasião foi baptizado o filho do casal, Rocco.

Em 2001, Madonna lançou-se numa digressão mundial denominada "Drowned World Tour". No mesmo ano a Enciclopédia Britânica anunciou que passaria a incluir o verbete "Madonna" em futuras edições da obra por considerar a artista um ícone da cultura pop contemporânea.

Em 2003, influenciada pelo clima de pré-guerra entre os Estados Unidos e o Iraque, lança American Life, um álbum com uma mensagem mais política e crítica, em cuja capa e encarte Madonna se inspira em Che Guevara.

Durante o ano de 2004, Madonna embarcou numa tournée mundial chamada Re-Invention Tour, na qual interpretou grandes sucessos da sua carreira. A tournée terminou na cidade de Lisboa, com dois dias de espectáculos no Pavilhão Atlântico, a 13 e a 14 de Setembro. Durante a turnê , foi gravado um novo documentário, I´m Going to Tell you a Secret, sobre a turnê e a vida pessoal de Madonna.

Em Novembro de 2005 Madonna lançou o seu novo disco, Confessions on a Dance Floor, que, segundo a crítica, é um dos melhores álbuns de sua carreira.

Madonna iniciou uma tournée mundial na qual interpretou temas do seu mais recente disco e clássicos conhecidos num estilo "disco".

Ainda em 2006, Madonna entrou para o Guinness como a cantora mais bem paga do mundo por ter ficado 150 milhões de dólares mais rica em 2005.

A 10 de Outubro de 2006 Madonna iniciou o processo legal de adoção de David Banda, um menino natural do Malawi (nascido a 24 de Setembro de 2005) que conheceu durante uma visita ao país.

Madonna lançou a música Hey You em 2007 como sua colaboração para o evento músical Live Earth que visa consciencializar o mundo sobre a pobreza e o aquecimento global. .

No dia 15 de Junho de 2007, a revista Forbes publicou sua lista anual sobre as celebridades mais poderosas do mundo. A lista é mensurada considerando a popularidade do artista nos meios de comunicação e a facturação anual do mesmo. Madonna surge em 2º lugar devido à sua facturação de 200 milhões de dólares com sua última tournée Confessions Tour e por ocupar o primeiro lugar em notícias da Internet, Madonna apenas fica atrás de Oprah Winfrey.

Em 2008, Madonna recebeu mais um Grammy. Dessa vez de Melhor Performance em Vídeo Longo por "The Confessions Tour".

O novo disco possui uma nova sonoridade jamais trabalhada directamente por Madonna, R&B e Hip-Hop mixadfos e unidos ao bom e velho Pop e Dance no estilo mais anos 80. Entre os colaboradores da produção estão Timbaland, Justin Timberlake, Pharrell Williams. O primeiro single do novo álbum Hard Candy chama-se "4 Minutes" e foi lançado no final de Março de 2008, cujo vídeo foi dirigido pela dupla Jonas&François. O segundo single é Give It 2 Me, gravado em Abril de 2008, e lançado em 31 de Maio do mesmo ano. Foi dirigido por Tom Munro. No dia 23 de Agosto de 2008, Madonna começou a tournée mundial baptizada de Sticky & Sweet em Cardiff, País de Gales e soma e segue!"

 

 

P.S: Sim, é verdade, tirei da Wikipedia.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:42


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Posts mais comentados