Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


December 1st

por Miss. M, em 02.12.11

Já estamos quaise no Natal e cá por casa já se começou a entrar no espírito da coisa.

Dia 1 é o "Dia oficial de fazer a árvore", mas como já chegámos tarde a casa do "passeio do feriado" (afinal de contas a data é solene, para o ano já não há) deixámos para fazer isso amanhã e ainda só pendurámos a estrelinha natalícia na porta de entrada.

Hoje foi também dia de comprar alguns presentinhos de Natal, nada de exagerado, que o orçamento não permite, mas já se adiantou serviço para não ficar sempre tudo para a ultima da hora.

É nestas alturas que se fazem as "wish lists", mas este ano resolvi fazer uma ligeiramente diferente, a lista do que "É escusado gastar dinheiro".

Assim, seguem algumas dicas no que não devemos investir, poupando à pessoa ofertada um sorriso amarelo quando abrir o presente:

 - Bomboneiras

Um clássico das oferendas natalícias, a chamada prenda "que fica sempre bem oferecer à dona de casa", mas só serão mais um número numa cristaleira já guarnecida de outras "irmãs" iguais. E por mais que se pense que "dão sempre jeito para guardar os Ferreros" correm sempre um grande risco de serem doadas para as rifas das quermesses no Sto. António.

 - Almofadas decorativas de renda

A sério, já ninguém utiliza isto na decoração do lar, à excepção de algumas avós. Com todo o respeito pelos gostos de cada um, a não ser que se tenha 100% de certeza que as pessoas gostam, isto não se oferece. E não interessa se foi feito à mão, na aula de lavores, com toda a dedicação. Isto não!!

 - Sabonetes decorativos

Ora vamos lá ver, o sabonete serve, essencialmente, para a nossa higiene. Os sabonetes decorativos servem para...hum, deixa cá ver?! Colocar como elemento decorativo na casa-de-banho! E sabonete que é sabonete, após algum tempo em espaços mais húmidos, começa a ficar assim meio mole e sem graça. Se não usarmos logo o sabonete e este não tiver dentro da embalagem, não serve para nada. Outra utilização desta peça será certamente a aromatização da gaveta da roupa interior, mas lá não se vê a decoração....Pois, mais uma prenda pouco prática.

 - Jardins Zen...

Confesso, nunca percebi muito bem a utilidade destas bandejinhas com pedrinhas, areia e um ancinho. Dizem que é "relaxante", mas eu se tivesse um destes na mesinha da sala e chegasse c´neura poderia acontecer começar a escarafunchar com tal veemência e força que a areia saltaria toda da bandejinha, fazendo aumentar ainda mais a minha fúria porque depois teria que a apanhar do chão e para onde quer que ela saltasse. Não me parece muito terapêutico.

 

 - Pierrots de Porcelana

Brrr...c´medos! Pronto, confesso que já tive estes objectos decorativos no meu quarto de infância, mas hoje não vou muito á bola com estes bonecos. Com aquele olhar vazio e aquela maquilhagem parece que a qualquer momento vão saltar para cima de nós e qual serial quillers do reino da bonecada decorativa. Demasiados filmes de terror dão nisto...

 

 

  - Perfumes "do Chinês"

Um verdadeiro terror! Para além de haverem contrafacções tão criativas como o "Canal 5", "Hugo Bose", "Amor-Amor", "Valenciano" ou "Adoro-te", o cheiro é algo atrós e rasqueirento, capazes de tornar os conhecidos "Musque Essence" ou o "Patcholi" em fragrâncias mais agradáveis e refinadas.

Ah e tal, os perfumes são caros, mimimi, então levas uma emitação como prenda que já ficas muito bem! São caros, pois são, mas para oferecer um perfum da loja oriental mais vale comprar um sabonetinho "Feno de Portugal" ou, na maluquice, um da "Dove" (plain, sem decoração), a pessoa em questão ficará certamente mais agradecida.

 

 - Lingerie Sexy do mercado ou loja oriental

Para os mais ousados nas prendinhas que oferecem às suas babes. Ok, aposto que a Cátia Vanessa ficaria bastante sexy naquela tanga tigress e o vislumbre de chegar a casa e vê-la vestida com aquele baby doll de renda vermelha seria o mote perfeito para uma noite de amorrrr. Mas reparem bem, todo aquele tecido de polyester, rendas que arranham os pipis e elásticos a cheirar a petróleo só lembram uma única coisa: Infecção vaginal!

Não comprem estas coisas, para isso mais vale ir realmente a uma loja de lingerie em condições e investir mais um pouco num conjuntinho bonito e sexy. Elas ficarão mais agradecidas e certamente pouparão em consultas no ginecologista, cremes e afins.

 

- Chocolates ao Quilo

Mais uma daquelas coisas que é preciso ter cuidado, quantidade não é sinónimo de qualidade. Sim, é verdade, as caixas da Ferrero, Mon Cherrie, Lindt e afins são um bocado mais carujas do que aquelas de marca desconhecida de 1 Kg a € 1,99! Mas a verdade é que esse kg de chocolate na verdade não é mais do que 1 Kg de chocolate já levemente esbranquiçado, duro, sem graça e com aquele tragozinho a sabão característico que quando o chocolate é mauzinho. Mais uma vez, mais vale uma caixinha pequenina de Ferreros do que 1 Kg de mau chocolate.

 

 - Anéis de Ouro Infantis

Poupem as vossas crianças de prendas destas. Eles não vão gostar e se gostarem vão perder e se não vão perderem serão guardados para usar em "ocasiões especiais" que quando acontecerem já a porra do anel não vai servir. A pior peça da Joalharia Infantil, o "Anelinho de Ouro que Nunca se Usa". Os dedinhos das criancinhas estão constantemente a crescer e esta peça terá um prazo de possivel utilização muito curto. Servirá depois para colocar pendurada no fio-de-ouro, juntamente com o dentinho de leite (mais vale comprar a medalhinha, não é??) ou para mais tarde a criança, já adolescente, ir a uma qualquer loja do "Compro Ouro" e fazer um belo negócio para comprar o bilhete do Festival Sudoeste.

As crianças não dão valor ao ouro, a sério, elas estão constantemente a perder estas coisas e ouvindo garreias terríveis dos pais após isto acontecer.

Não forcem as criancinhas a sorrisos amarelinhos nesta quadra, ficam mais contentes com um Pai Natal de chocolate do que com estes objectos.

 

Espero que tenha sido útil, neste natal, em que se apela tanto à poupança, less is more! Mais vale algo simples e de coração do que bugigangas sem graça que não servem para nada.

Boas comprinhas e aproveitem bem a quadra!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:35

Querido Pai Natal...

por Miss. M, em 19.11.08

E eis que em menos de nada, lá se passou outro ano, e estamos a entrar em mais uma época natalícia. Já se faz sentir por as ruas, com as luzinhas e afins…o anúncio a mais um Natal.

Seguindo o conselho da minha querida M. J. lá resolvi escrever um post, em jeito de “Carta ao Pai Natal” adiantada. Não, já não acredito no velhote das barbas a descer pela chaminé, até acho que nunca acreditei, pois a lembrança mais remota que eu tenho de alguma entidade que me dava presentes nesta altura foram mesmo as pessoas de carne e osso. Ainda pus alguns sapatinhos à lareira e convencia o resto da família a fazer o mesmo porque, simplesmente, achava engraçado acordar de manhã e ter lá alguma lembrança.
Lembro-me de me contarem a história do “Menino Jesus” que dava as prendas aos meninos bem comportados. Mas sempre me fez confusão, se o Menino Jesus era um menino, porque é que era ele a dar as prendas e não os pais dele?? Era o menino que comprava prendas para os outros meninos?? Com que dinheiro?? Seria assim tão rico para dar prendas a tantos?? Mas coitadinho, passava a noite de Natal a distribuir prendas, será que não tinha medo do escuro?? E eu até me portava mal hás vezes…e apesar de me roer a consciência acabava sempre por ganhar alguma coisa. Claro que quando me tentaram impingir o Pai Natal já não pegou.
Mas esta minha carta vem no seguimento do nosso tradicional jantar de Natal e a troca de presentes entre os “amigos-secretos”. Previamente fazemos um sorteio e oferecemos um presente a quem nos calhou num dos jantares mais esperados do ano (para mais explicações favor consultar o blog da M. J)…
E para o meu amigo-secreto não ter muitas dúvidas existenciais, ou outra pessoa que não saiba ainda muito bem os meus gostos, aqui vão algumas dicas:
 - Visto o 34 de calças, o S de blusas e camisolas e roupa interior, soutien…34-B e calço o 35 (36 se for pequeno).
 - Gosto de roupa, não sou muito esquisita relativamente a estilos. Só não gosto muito daquele estilo largo e descontraído demais…esse definitivamente não se encaixa comigo. Nem aquele muito hippy, as túnicas e saias mega compridas favorecem-me tanto como um fato-de-treino da Fubu.
 - Cores: Uso quase tudo, mas os bejes são arriscados, não me ficam lá muito bem. Isto vale para cachecóis, lenços e outros acessórios. 
 - Gosto de sapatos, de salto-alto preferencialmente. Gosto também muito de botas, e se forem da Aldo ainda mais (não se sintam pressionados…). Ainda estou na fase das tentativas para usar sabrinas e sapatos mais baixos regularmente no Inverno. Gosto de ténis, claros no Verão e mais escuros no Inverno, mas isto em raras ocasiões em que realmente tenho que andar muito, um Domingo descontraído ou então no ginásio. Não sou muito “ténni-power”.
 - Aprecio também acessórios, colares, brincos e afins…as pulseiras têm que ser mais para o pequeno, pois caso contrário caem, tenho o pulso proporcional ao resto do conjunto. Relógios também são muito bem-vindos. Quanto a malas, não sou muito exigente, mas (por acaso) até gostava de arranjar uma cor de beringela ou roxa (não é lilás), ainda não tenho… o tamanho também não pode não pode ser muito grande, ou caio no erro de parecer que carrego uma mala de viagem ao ombro.
 - Sim, também gosto de receber lengerie e não é preciso ser Victoria Secret, hi! Hi! Ainda nesta categoria, os pijamas que mais gosto são os confortáveis, mas não muito quentes, não suporto pijamas térmicos, dão-me comichão. Pantufas: giras, mas pequenas…não me movimento bem com aquelas que têm cabeças de animais gigantes.
 - Perfumes: Confio no bom gosto das pessoas, mas normalmente no Inverno gosto de usar um mais doce, mas não enjoativo. E também prefiro os frasquinhos de 30ml. Maquilhagem também é uma opção, tal como todos os cremes e loções disponíveis no mercado.
 - Mas também gosto de receber livros (não sou esquisita no tema), cd´s e filmes (o Sex and the City …é daqueles bem vindos); e, por incrível que pareça, não tenho mp3.
 - Molduras e enfeites para a casa: já tenho de sobra, e como ainda habito na casa dos papás, no meu quarto já não há muito espaço para as “minhas decorações”. Até gosto dessas coisas...mas já não tenho espaço.
 - Atoalhados e lençóis para enxoval, altamente proibido!! Normalmente quando me dão esse tipo de coisas a dizer que é “para o enxoval, afinal já tens idade que começar a pensar nessas coisas”…eu uso logo. Ainda bem que a minha avó não lê este blog…só ela está autorizada a oferecer esse tipo de coisas.
E pronto, acho que é tudo. Lembro que não é preciso ser um presente caro para ser um presente especial, basta que seja dado com carinho e vontade, a pensar na pessoa que o recebe.
Ok, lá estou eu com o cliché, mas a verdade é mesmo essa, não é preciso dar uma coisa de muito valor material para a pessoa gostar e já que estamos numa de presentes, todas as dicas são bem-vindas.
P.S: Deviam haver mais cartas ao Pai Natal, era tão mais fácil…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:19

Christmas Time!

por Miss. M, em 25.12.07

É Natal!

Ruas enfeitadas, gente sorridente, votos de Paz e Amor e todo o espírito da quadra

São prendinhas para todos, ajuntamentos familiares e doces que engordam só de olhar

Centros comerciais a abarrotar, pais empenhados a comprar os presentes para a menina e para o menino, não pode faltar nada!

Uma Barbie Princesa, um Spider Man, uma Playstation III, o dvd do Harry Potter, a lista é extensa.

E se há o azar da Barbie não ser a desejada e o herói não ser aquele! No dia 25 temos o rosto de uma linda criancinha…..amuada.

Mas os mais crescidos também têm as suas prendinhas desejadas,

Quem é que não gostaria de um relogito Cartie; uns stilletos M. Blahnik; uma malinha Vitton ou umas botas da Prada?...

Mas como a crise manda apertar o cinto e não há budget para extravagancias, lá temos que nos contentar com o belo do top…..da Zara.

Eles são festas e mais festas!

No trabalho, os tradicionais jantares de Natal, sempre bem regados, troca de prendas entre amigos, são sempre grandes farras!

A família toda junta, pai, mãe, avó, avô, tio, tia, primos, uma grande algazarra!

Mais uma vez o bacalhau com couve…..prima sempre a originalidade.

São os doces da avó e os sonhos da tia, o pai conta as histórias de sempre,

Fala-se do tempo, da crise, de como o Natal já não é o que era,

“ – Antes é que era! Não haviam estas prendas todas e contentávamo-nos com uns chocolatinhos.” Conta a avó, como era o Natal antigamente.

Mas agora tudo mudou e é tudo com mais fartura,

Comidinha da boa, prendas de alegrar o olho, é sempre uma época de festa

Exageramos sempre, come-se sempre demais e depois lá se vai a boa forma

Para o próximo ano já sei como é, se não quiser parecer a Popota,

Lá tenho que me esforçar e começar a tão adiada dieta!

 

Feliz Natal!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:55


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Posts mais comentados